https://goo.gl/HjLRc6

Deu a louca

Acredite: Já existe a seleção de Esperanto

Se você gostaria de jogar por uma seleção de futebol mesmo sem ser atleta profissional, agora já é possível. A alternativa pode ser o selecionado esperantista, formado pelos praticantes do […]
Postado por Rafael Luis Azevedo - 02/mar/2015
A seleção de Esperanto estreou em 2014, e em março se filiará à NF-Board (Foto: Divulgação)

A seleção de Esperanto estreou em 2014, e neste mês se filiará à NF-Board (Foto: Divulgação)

Se você gostaria de jogar por uma seleção de futebol mesmo sem ser atleta profissional, agora já é possível. A alternativa pode ser o selecionado esperantista, formado pelos praticantes do idioma artificial mais difundido do mundo, o esperanto. Acredite, isso já existe! E o craque do time, veja só, é brasileiro.

A seleção de Esperanto teve sua estreia em 2014. O primeiro jogo, no dia 31 de julho, ocorreu em Buenos Aires, durante congresso mundial do idioma, realizado na capital argentina. No elenco, estavam jovens de nove países, incluindo Argentina, Brasil, Uruguai, Colômbia, Cuba, Nicaragua, Alemanha, Rússia e República Democrática do Congo.

Pedro Paulo de Freitas (barbado que sorri no centro), de 24 anos, morador de Ribeirão Preto-SP, é o camisa 10 (Foto: Divulgação)

O paulista Pedro Paulo de Freitas (barbado que sorri no centro da foto), de 24 anos, morador de Ribeirão Preto-SP, é o camisa 10 e craque da seleção esperantista (Foto: Divulgação)

O jogo terminou com derrota por 8 a 3 para um combinado da comunidade armênia que vive na Argentina, mas já valeu pela formalização da nova equipe. Neste mês, o time do Esperanto deve se tornar membro da NF-Board, a entidade que reúne seleções de nações e territórios não reconhecidos pela Fifa.

O segundo jogo pode acontecer no 100º congresso mundial, em julho, na França. Também são cogitados duelos contra Valônia, da Europa, e Saara Ocidental, da África. “Pedimos à associação mundial de Esperanto passagens para garantir a presença da base do time”, antecipa Jorge Montanari, um dos treinadores.

> LEIA TAMBÉM

O comando-técnico é dividido com Francisco Godínez Galay e Juan Pablo Álvarez, também da Argentina. “Nosso craque é Paulinho Esperantista, o camisa 10. É muito rápido, tem drible, tem chute, tem tudo”, impressiona-se Jorge, que destaca ainda o argentino “Joia” Demasi, autor de dois gols na partida de estreia.

O elogio envaidece Pedro Paulo de Freitas, de 24 anos. “Sempre jogo futebol, por isso tenho condições de correr o jogo todo. A seleção, apesar de ser montada por pessoas comuns, é guerreira”, conta o morador de Ribeirão Preto-SP, estudante do idioma há 10 anos. “Espero estar presente na França, só não tenho certeza pela questão financeira”.

Nosso craque é Paulinho Esperantista, o camisa 10. É muito rápido, tem drible, tem chute, tem tudo”. Jorge Montanari, técnico esperantista.

A seleção de Esperanto teve sua estreia em jogo em Buenos Aires (Foto: Divulgação)

A seleção de Esperanto fez sua estreia em jogo contra os armênios da Argentina (Foto: Divulgação)

Em campo, os jogadores são orientados a conversar em esperanto, mesmo com colegas de mesma nacionalidade. “Tem um costume no movimento que se chama ‘não fazer o crocodilo’, que é não falar com alguém na língua de ambos na frente de outro esperantista. Lógico, pra não deixá-lo fora da conversa”, explica Jorge.

Até os cânticos de torcida, no jogo de estreia, foram em esperanto. Na ocasião, a camisa do selecionado, nas cores verde e branca, fez sucesso entre os fãs, esgotando o estoque no mesmo dia. Agora, os dirigentes esperam definição se a comercialização de peças pode ser usada para financiamento da equipe.

> LEIA TAMBÉM

Cientista e escritor, o treinador da seleção, de 38 anos, começou a estudar esperanto em 2000, e em dois meses já era fluente. O idioma foi criado em 1887, pelo médico judeu Ludwik Lejzer Zamenhof, para facilitar a comunicação entre povos. Atualmente é falado por 2 milhões de pessoas.

“Essa é a língua mais fácil do mundo. Tem quem acha que esperanto não presta pra nada, mas olha aqui aonde a gente chegou”, festeja Jorge. Agora que é possível aprender um idioma e se tornar um jogador “internacional”, não faltarão novos interessados.

Facebook da seleção de Esperanto:
www.facebook.com/SelektitaroDeEsperanto

Veja imagens do jogo de estreia dos esperantistas:

Clique no link e leia também:

Bento-XVI-investiu-na-selecao-do-Vaticano
www.verminososporfutebol.com.br/deu-a-louca/bento-xvi-investiu-na-selecao-do-vaticano

Conheça o autor

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

https://goo.gl/HjLRc6




// As mais lidas

Http://www.AUTO-doc.pt

https://goo.gl/HjLRc6