Deu a louca

Brasileiro tem 60 camisas da Romênia

Matéria cedida por João Vítor Roberge, do blog O Craiovano. Colecionar camisas de futebol é um hobby comum, que exige bastante dinheiro, já que cada uma não custa menos de […]
Postado por Rafael Luis Azevedo - 10/ago/2014
Fernando Silva, de Brasília, possui coleção de camisas de times e da seleção da Romênia (Foto: Acervo pessoal)

Fernando Silva, de Brasília, possui coleção de camisas de times e da seleção da Romênia, mania decorrente de paixão iniciada na Copa do Mundo de 1994 (Foto: Acervo pessoal)

Matéria cedida por João Vítor Roberge, do blog O Craiovano.

Colecionar camisas de futebol é um hobby comum, que exige bastante dinheiro, já que cada uma não custa menos de R$ 100. Alguns colecionam camisas de clubes pequenos do Brasil, de seleções, clubes europeus ou outros preferem a tática do “quanto mais, melhor”. Mas existe um colecionador em particular, um mineiro que mora em Brasília, que preferiu cultivar entre suas centenas de camisetas um outro nicho: do futebol romeno.

O bibliotecário Fernando Silva tem 33 anos, e nasceu no pequeno município de Frutal, a 610 km de Belo Horizonte. Em 1994, quando tinha 13 anos, acompanhou a Copa do Mundo realizada nos Estados Unidos, e se apaixonou pelo time de Hagi, Dumitrescu, Raducioiu e Popescu. “Eu já me lembrava da Copa de 1990, por causa das bandeiras romenas que tinham um buraco no meio. Eram os brasões comunistas retirados, após o fim do regime de Ceausescu no país”, explica.

Após a Copa do Mundo, o interesse cresceu. Fernando passou a estudar a história e a cultura do país, e chegou a ter aulas de romeno durante sua graduação na Universidade de Brasília com uma professora visitante romena. Ele já tem 28 camisetas da seleção romena, das mais diferentes épocas desde 1980, incluindo camisas retrô e usadas nas partidas pelos jogadores. Uma outra coleção também impressiona: são 36 de 24 clubes romenos diferentes. Desde os mais populares, como Steaua, Dinamo e Universitatea Craiova, até os menores, como Concordia Chiajna, Unirea AlbaIulia e Mioveni.

Algumas das camisas da coleção de Fernando Silva (Foto: Acervo pessoal)

Algumas camisas de Fernando Silva, talvez o brasileiro com maior coleção sobre futebol romeno (Foto: Acervo pessoal)

Essa vontade de colecionar começou em 1994, quando Fernando passou a procurar as camisetas da Nationala, mas não as encontrou no Brasil. “As mais marcantes, como a da Romênia de 1994, eu só consegui comprar através do eBay e das redes sociais”, relembra. Entre tantas camisas, ele consegue classificar suas favoritas, as mais fáceis e as mais difíceis de achar. “Gosto muito das de 1994, e foram as mais difíceis de conseguir. Não porque são raras, mas porque foram as que eu mais demorei para conseguir mesmo. Hoje tenho a amarela e a vermelha”.

Mesmo com 64 camisetas do futebol romeno, Fernando ainda tem a sua frustração. A peça que mais lhe faz falta é a azul-celeste da Copa de 1970, utilizada na derrota por 3×2 para o Brasil. “Pior que já tive duas chances de comprar, mas eram muito, muito caras, e na época eu não podia pagar”.

> LEIA TAMBÉM

Fernando realizou um sonho em 2012, quando viajou a Romênia e passou por Bucareste, Timisoara, Brasov, Sibiu e Bran. Lá, descobriu que são pouquíssimos os clubes que disponibilizam suas camisas à venda, o que valoriza ainda mais a sua coleção. Apesar de amar o futebol romeno e a seleção, Fernando não tem um time preferido no país. O torcedor do América Mineiro começou a torcer para o Steaua por ter sido o primeiro clube que conheceu, mas o importante é o apoio ao futebol romeno como um todo.

E além desta, o mineiro também tem coleções de camisas de diversos clubes e seleções do mundo. A próxima meta está bem clara: colecionar camisas de todas as 209 seleções da Fifa.

As camisas mais marcantes, como a da Romênia de 1994, eu só consegui comprar através do eBay e das redes sociais”. Fernando Silva.

Lista dos 24 clubes romenos no guarda-roupa de Fernando:

  • Steaua Bucareste, Dinamo Bucareste, Rapid Bucareste, FC Universitatea Craiova, Petrolul Ploiesti, Astra (Ploiesti), CFR Cluj, Universitatea Cluj, Sportul Studentesc, Unirea Urziceni, Politehnica Timisoara, UTA Arad, FC Brasov, Pandurii Târgu Jiu, FC Vaslui, FCM Târgu Mures, Otelul Galati, Viitorul Constanta, Politehnica Iasi, Unirea Alba Iulia, National Bucareste, Gaz Metan Medias, CS Mioveni, Concordia Chiajna.

(*) O Astra Ploiesti é hoje o Astra Giurgiu. Sportul Studentesc e FC Universitatea Craiova estão licenciados. O National Bucareste se tornou Progresul Bucareste. O FCM Târgu Mures é agora o ASA Târgu Mures. Unirea Urziceni, Unirea Alba Iulia, Politehnica Timisoara e Politehnica Iasi são clubes extintos.

Visite o blog O Craiovano:
craiovano.wordpress.com/2014/06/22/2447

Clique no link e leia também:

Brasileiro-e-louco-pelo-futebol-romeno
www.verminososporfutebol.com.br/deu-a-louca/brasileiro-e-torcedor-de-time-da-romenia

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt