Deu a louca

Brasileiro torce pelo Roda, da Holanda

É da capital cearense talvez o único brasileiro torcedor do modesto clube holandês
Postado por Rafael Luis Azevedo - 12/fev/2016
Germano Vale Filho tem paixão alternativa para um brasileiro: o Roda JC (Foto: Acervo pessoal)

Germano Vale Filho tem paixão alternativa para um brasileiro: o Roda JC (Foto: Acervo pessoal)

Se você encontrar nas ruas de Fortaleza um rapaz com uma camisa do Roda JC, é possível que não seja um turista da Holanda. É da capital cearense talvez o único brasileiro torcedor do modesto clube holandês, campeão nacional uma única vez, há seis décadas. Essa é a história do advogado Germano Vale Filho, de 35 anos.

A paixão começou em 2001, no game Total Club Manager, atual Fifa Manager. Louco pelo futebol holandês desde a infância, a ponto de preferir a seleção laranja mesmo diante da brasileira, Germano jogava com o time de Kerkrade. “Achava mais autêntico torcer por ele do que pelos grandes – Ajax, PSV e Feyenoord”, registra o cearense.

> LEIA TAMBÉM

A alternatividade exagerada acaba gerando empecilhos. Na televisão, só é possível ver eventuais jogos do Roda no Campeonato Holandês aos domingos de manhã, e nas ocasiões em que o Roda enfrenta os três grandes. “Vejo os gols por vídeos postados por fãs do time no Youtube ou no Facebook”, aponta.

Relacionar-se com outros brasileiros com a mesma paixão também é um desafio. “No Brasil, é raro encontrar um fã do Roda. Que eu saiba, sou o único”, indica. “Camisas do Roda, então, só tenho conhecimento das minhas. Nunca vi camisas do time para vender, nem mesmo em lojas especializadas”, ilustra.

Camisas de Germano Vale Filho chamam a atenção quando vistas por holandeses (Foto: Acervo pessoal)

As camisas de Germano chamam a atenção quando vistas por holandeses (Foto: Acervo pessoal)

Germano possui três camisas – uma quarta, repetida, foi presenteada a um amigo. Para comprá-las, foi difícil. A primeira, ele achou no Ebay, em 2004, com o irmão de um jogador, Pierre Vermeulen. As demais adquiriu numa loja online holandesa, entre 2006 e 2009. “Mesmo em Amsterdã meus amigos que viajam não encontram”, conta.

O torcedor ainda não pôde assistir a um jogo do Roda no estádio. Os planos são para 2017/2018. “Kerkrade é próxima de Colônia (cerca de 80 km), onde um amigo mora e já me convidou algumas vezes para ir lá e dar uma chegada na cidade holandesa, que fica bem na fronteira”, relata o cearense, sócio-torcedor de Fortaleza e São Paulo e também fã do Arsenal.

“No Brasil, é raro encontrar um fã do Roda. Que eu saiba, sou o único”.

Por enquanto, Germano vai se divertindo com encontros com holandeses em sua terra. A situação mais engraçada aconteceu na Copa do Mundo de 2014, quando Fortaleza recebeu o jogo Holanda x México, e o torcedor do Roda foi com a camisa do time à fanfest na Praia de Iracema. A blusa alternativa, claro, atraiu um curioso.

“Um rapaz chegou conversando em holandês, respondi-lhe em inglês que não falava a língua e que era brasileiro. A reação dele foi impressionante: ‘No fucking way you’re brazilian, man! No fucking way!! How did you get that shirt?!‘ Nem precisa de tradução.

Perfil do clube:

Nome: Sportvereniging Roda Juliana Combinatie Kerkrade
Fundação: 27/6/1962
Estádio: Parkstad Limburg (19 mil lugares), em Kerkrade
Títulos: 1ª divisão holandesa (1955/56), 2ª divisão (1972/73) e Copa da Holanda (1996/97 e 1999/00)
Site: www.rodajc.nl

Clique no link e leia também:

Brasileiro-tem-colecao-do-Hull-City
Brasileiro tem coleção do Hull City

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt