Verminosos por futebol




Deu a louca

Casa de Celso Unzelte é o Santo Graal da bola

Se alguns mantêm um escritório de futebol, Celso Unzelte tem logo uma casa inteira

Em vídeo no Tresloucados, Celso Unzelte apresentou seu incrível acervo de futebol (Foto: Reprodução)
Em vídeo no Tresloucados, Celso Unzelte apresentou seu acervo (Foto: Reprodução)

Que Celso Unzelte é um verminoso, as participações dele no antigo Loucos por Futebol e agora no Tresloucados não deixam dúvida. O quão verminoso ele é, porém, ficou evidente num vídeo que o jornalista publicou no seu canal de Youtube, mantido em parceria com Marcelo Duarte e Paulo Vinícius Coelho. O passeio por seu acervo é de deixar até os dois amigos de boca aberta.

Afinal, se alguns mantêm um escritório de futebol, Celso tem logo uma casa inteira. Mais precisamente uma edícula, a casa dos fundos de seu sobrado, em São Paulo, onde um dia já morou um casal de velhinhos. Hoje, cozinha, sala e quarto estão ocupados com coisas e mais coisas.

“Tenho me virado aumentando as estantes. As prateleiras vão do chão até o teto, até mesmo em cima das portas, para aproveitar os espaços”, relata Celso, de 48 anos, sendo quatro décadas acumulando tudo de futebol que vê por aí.

“As prateleiras vão até o teto, até em cima das portas, para aproveitar os espaços”.

Por exemplo, se você sonha em conseguir uma coleção completa da revista Placar, o jornalista possui duas – de 1970 até hoje. Uma encadernada, outra não. Além disso, ele guarda todas as edições do jornal Lance! desde 1997, em caixas que reúnem trimestres. “É o que ocupa mais espaço”, descreve.

O problema é anunciado. “Estou pensando em trocar e vender alguns itens repetidos”, adianta Celso. Da edícula, só um cômodo escapou. Bem, por enquanto. “Penso em invadir o banheiro também, porque é o único cômodo que continua cumprindo sua função original”. Se restava alguma dúvida…

Abaixo, além do vídeo, confira entrevista do Verminosos por Futebol sobre o acervo de Celso.

“Minha mulher deu graças a Deus de eu ter um canto só pra isso”

Verminosos por FutebolSão três cômodos e mais um corredor ocupados com a coleção, é isso? Dá pra se perder vendo o vídeo.
Celso Unzelte – Trata-se, na verdade, de uma edícula, uma casa de fundos, onde antigamente morava um casal de velhinhos. Eles eram sogros do antigo dono da casa. Originalmente, uma cozinha, sala, quarto e banheiro. Sinceramente, não tenho ideia da metragem.

VerminososFoi fácil negociar com tua esposa o uso de tanto espaço pra acomodar o acervo?
Celso – Minha mulher, Patrícia (Rodrigues), também é jornalista, e isso facilitou um pouco as coisas. Minha desculpa é que tudo isso é trabalho, embora nem sempre seja. Além disso, ela deu graças a Deus de eu ter um canto só pra isso, para, assim, não contaminar o resto da casa.

VerminososTu acha que ali estão quantos livros, revistas e jornais esportivos? São duas coleções completas só da Placar, é isso?
Celso – Sim, são duas coleções completas da Placar, mais as das revistas Esporte Ilustrado, Manchete Esportiva, Revista do Esporte e Gazeta Esportiva Ilustrada, entre outras. Como elas também viraram livros encadernados, assim como a coleção de jornais como o Lance!, não tenho a menor ideia de quantos volumes isso totaliza. Creio que algo em torno de 3 a 5 mil, talvez.

VerminososO que faz para evitar o cheiro forte de jornal? Costuma fazer alguma limpeza?
Celso – Guardo em caixas plásticas e em sacos plásticos. Mas não faço nenhum outro tipo de limpeza periódica ou aromatização.

> LEIA TAMBÉM

VerminosoQuando começou a guardar coisas de futebol?
Celso – Algumas coisas mais antigas eu tenho desde quando era criança, mas o grosso começou mesmo quando comprei uma coleção da Placar, em 1992. A maioria das coisas, aliás, eu comprei bem depois, e continuo comprando.

VerminososSe for preciso de mais espaço para novas aquisições, tem disponível na tua casa? Já faz planos para ampliações da biblioteca particular?
Celso – Pois é, esse é um grande problema. Por enquanto tenho me virado aumentando estantes, penso em invadir o banheiro, também, porque ele é o único cômodo que continua cumprindo sua função original.

Verminosos Ainda existem coisas de futebol fora daquele espaço, tipo camisas?
Celso – Sim, as camisas eu não guardo lá, mas não são muitas. Creio, aliás, que seja a única coisa referente a futebol que não está no meu escritório.

VerminososTua filha Carolina (citada no vídeo) vai trabalhar com jornalismo esportivo também? Será ela a herdeira desse Santo Graal do futebol?
Celso – Não, eu acho que o interesse da Carolina vai ser por outras áreas do jornalismo. O herdeiro, pelo visto, deve ser o Daniel, que está atualmente com 12 anos, adora futebol e até já me ajuda na atualização do aplicativo Almanaque do Timão. Na verdade sou eu que o ajudo, pois ele é praticamente o responsável por atualizar o aplicativo.

> Celso Unzelte é comentarista da ESPN e do Cartão Verde (TV Cultura), tem 48 anos e três filhos, Carolina (18 anos), Beatriz (13) e Daniel (12).

Quer fazer alguma doação, pra alegria do Celso e desespero da Patrícia? Combina com ele:
celsounz@uol.com.br.

Clique no link e leia também:

Loucos por Futebol agora é Tresloucados


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: