Deu a louca

Cidade inglesa se candidata a Copa de 2026

Macclesfield é um pequeno município de 50 mil habitantes localizado a 30 km de Manchester
Postado por Rafael Luis Azevedo - 16/jun/2015
Macclesfield apresentou uma proposta irônica: receber sozinha a Copa do Mundo de 2026. O principal estádio, o Moss Rose, do Macclesfield Town, da 5ª divisão, tem 6 mil lugares (Foto: Divulgação)

Macclesfield apresentou uma proposta irônica: receber sozinha a Copa do Mundo de 2026. O principal estádio, do Macclesfield Town, da 5ª divisão, tem 6 mil lugares (Foto: Divulgação)

Enquanto nem a cúpula da Fifa sabe se as sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022 serão mantidas na Rússia e no Qatar, uma pequena cidade inglesa atraiu mídia para si com uma proposta irônica e maluca: receber – sozinha – a edição de 2026. Foi a campanha lançada por Macclesfield, município de 50 mil habitantes localizado a 30 km de Manchester, no dia 2 de junho.

A proposta estampa logotipo que imita o da Copa de 1998, na França. Segundo os responsáveis, a cidade é uma opção mais viável e tem mais tradição no futebol do que os concorrentes Estados Unidos, Marrocos, Cazaquistão, Austrália e Nova Zelândia, que já manifestaram interesse em sediar o torneio. A estrutura, por exemplo, já estaria pronta.

> LEIA TAMBÉM

A candidatura municipal oferece dois estádios: Moss Rose (com 124 anos de uso), do Macclesfield Town, da 5ª divisão inglesa, com 6.335 lugares; e Booth Street (com 114 anos), do Congleton Town, time de cidade vizinha atualmente na 13ª divisão, com 1.500 lugares.

Além deles, existem seis campos públicos, sendo que o mais antigo, o Rei George V, é utilizado há 160 anos, antes mesmo da “criação” do futebol, com espaço para 200 torcedores e 14 cachorros – um diferencial em relação aos estádios “padrão Fifa”.

A cidade de Macclesfield oferece seis hotéis e 16 albergues para atender a "família do futebol" (Foto: Divulgação)

Macclesfield possui seis hotéis e 16 albergues para atender a “família do futebol” (Foto: Divulgação)

Para acomodação de fãs, são oferecidos seis hotéis e 16 albergues, e acesso Wi-Fi gratuito na biblioteca municipal. “Dada a situação atual que a Fifa se encontra, nós sentimos que é vital que uma proposta sensata seja submetida. Este será um torneio sustentável e confortável para a família do futebol”, prega a organização, em comunicado no site do Macclesfield Town.

A responsabilidade financeira é o principal valor da candidatura, diante de tanta polêmica após as Copas da África do Sul e do Brasil e a escolha de Rússia e Qatar para as próximas. “Nós prevemos custo total de 249,99 libras, para o fornecimento de novas redes para os campos. Um orçamento de 40 libras também foi reservado para presentes para a família da Fifa”, promete.

“Dada a situação atual que a Fifa se encontra, nós sentimos que é vital que uma proposta sensata seja submetida”.

O Verminosos por Futebol gostaria de ver a cara de Joseph Blatter, que deixou o cargo e ainda não largou o osso, quando receber a proposta de Macclesfield em sua mesa em Zurique.

Fale com a organização da campanha:
macclesfield2026@mtfc.co.uk.

O estádio alternativo é o Booth Street, do Congleton Town, time da 13ª divisão, com 1.500 lugares (Foto: Divulgação)

O estádio alternativo é o Booth Street, do Congleton Town, time da 13ª divisão (Foto: Divulgação)

Clique no link e leia também:

50-capas-de-jornais-sobre-a-crise-da-Fifa
www.verminososporfutebol.com.br/deu-no-jornal/50-capas-de-jornais-sobre-o-escandalo-da-fifa

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt