https://goo.gl/HjLRc6

Deu a louca

Colecionador tem camisa até do Vaticano

O uniforme completo do Vaticano integra o incrível acervo de Anderson Fernandes Borges
Postado por Rafael Luis Azevedo - 12/jun/2015
Anderson Fernandes Borges tem 160 camisas de 138 seleções, além de 11 camisas de equipes não reconhecidas pela Fifa. Entre elas, a seleção do Vaticano (Foto: Divulgação)

O paulista Anderson Fernandes Borges tem 160 camisas de 138 seleções (Foto: Acervo pessoal)

Se você é colecionador de camisas de futebol, possivelmente deve babar ao ver a foto acima. A camisa foi usada entre 1998 e 2010 pela seleção do Vaticano. Uma das equipes mais alternativas do mundo, não reconhecida pela Fifa. Essa peça faz parte de um uniforme completo que, desde 2013, integra o incrível acervo de Anderson Fernandes Borges.

O engenheiro civil de Santo André-SP mantém uma coleção de camisas de futebol desde 2009, tendo iniciado foco em seleções três anos depois. Em pouco tempo, já são 160, de 138 equipes filiadas à Fifa. Não bastasse isso, ele possui mais 11 blusas de seleções não consideradas como oficiais pela entidade. Como a equipe do menor Estado do mundo.

> LEIA TAMBÉM

“Essa foi uma procura de dois ou três anos. A seleção do Vaticano iria trocar de uniforme, e o presidente da federação, Giancarlo Taraglio, enviou alguns para meu amigo Markus Deininger. Por sorte, e por um bom dinheiro, um desses veio para mim”, conta Anderson, que nunca pôde vestir a camisa. “Apesar de ser XL, meu ‘diâmetro requerido’ é maior”, diverte-se.

A seleção do Vaticano usou esse modelo de uniforme entre 1998 e 2010 (Foto: Divulgação)

A seleção do Vaticano usou esse modelo de uniforme entre 1998 e 2010 (Foto: Acervo pessoal)

O manto do Vaticano é só uma das relíquias do acervo, que inclui ainda Eritreia, Comores, Tuvalu, Kuwait, Líbano, Andorra, Liechtenstein, Macau, Belize… A lista de equipes pernas-de-pau é grande. “O lado afetivo fala alto, por isso para mim todas são raras”, avalia Anderson, que costuma comprar duas novas peças por mês. “Camisas de seleções não são nada baratas”.

“A camisa do Vaticano é raríssima. Meus amigos colecionadores nunca tinham visto”. (Anderson Fernandes Borges)

Entre as loucuras que já fez, o torcedor corintiano criou uma conta de Paypal para um internauta de Taipei, em Taiwan, para o envio de dinheiro como pagamento por uma camisa. “Fiquei no aguardo do sumiço dele. Tinha tudo para dar errado, mas o pacote chegou, e o cara se tornou um grande amigo”, resgata o paulista, de 32 anos.

Sua meta é conseguir as camisas de todas as 209 seleções do mundo. E então partir para um máximo possível de equipes não reconhecidas pela Fifa, o que amplia a lista para um número incalculável. Por enquanto, ele já tem de Groelândia, Gibraltar, Mônaco, Palau e até Sealand. “Já ouviu falar de Sealand? Tenho uma boa história dela”, gaba-se. Essa merece uma outra postagem.

Clique no link e leia também:

Bento-XVI-investiu-na-selecao-do-Vaticano
www.verminososporfutebol.com.br/deu-a-louca/bento-xvi-investiu-na-selecao-do-vaticano

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

https://goo.gl/HjLRc6




// As mais lidas

Http://www.AUTO-doc.pt

https://goo.gl/HjLRc6