Verminosos por futebol




Deu a louca

Ele nasceu em 1995 e seu nome é Sávio Flamengo!

Potiguar batizou o filho com uma homenagem a seu ídolo e ao time de coração

Sávio Flamengo, nascido em Apodi (RN), é jogador de futebol profissional (Foto: Acervo pessoal)
Sávio Flamengo, nascido em Apodi (RN), é jogador de futebol (Foto: Acervo pessoal)

Sávio voava no Flamengo em 1995. A 2.300 quilômetros de distância do Rio de Janeiro, em Apodi (RN), Raimundo Nonato vibrava com seus gols. No dia 3 de julho daquele ano, nascia seu terceiro filho. Apaixonado pelo time, o servidor público resolveu homenagear o ídolo e seu time de coração. Nascia Sávio Flamengo Almeida Dantas!

“Sempre gostei desse nome e da homenagem. Desde novo, sempre me chamavam de Flamengo ou Flamenguinho nas passeatas de títulos. Aí percebi que eu era especial e sortudo também”, reflete Sávio, hoje com 23 anos.

Não foi difícil a Raimundo Nonato convencer a esposa Antônia Rainilda sobre o batismo. Ela também é rubro-negra, assim como os rebentos mais velhos, Almeida Neto e Raíssa. “Meu pai é fanático pelo Flamengo, mas só teve a ideia do nome no último filho. Só eu fui contemplado”, diverte-se Sávio.

“Hoje me arrependo de não ter colocado Flamengo no nome dos três filhos”, lamenta Raimundo Nonato, de 53 anos, flamenguista desde a década de 1970. “Já criei dois urubus aqui em casa, um morreu e o outro fugiu”.

A primeira reação das pessoas ao ouvir o nome curioso, conta Sávio, é sempre de surpresa. “Uns dão risada, outros acham bonito… Só os vascaínos não gostam muito”, brinca o também flamenguista, sobre as reprovações.

Marcação de dirigentes

Por sinal, Sávio precisou deixar de lado o “sobrenome” por motivos profissionais. O potiguar é jogador de futebol. “Ultimamente tenho usado mais Sávio Dantas, por ter ido jogar em São Paulo. Alguns dirigentes não gostam de eu ter o nome Flamengo”, confidencia.

“Desde novo, sempre me chamavam de Flamengo ou Flamenguinho nas passeatas de títulos”. (Sávio Flamengo)

A identidade é um orgulho para Sávio Flamengo (Foto: Acervo pessoal)
A identidade é um orgulho para Sávio Flamengo (Foto: Acervo pessoal)

A precaução não é exagero. “Quando tinha uns 12 anos, fui fazer uma peneira do Vasco em Mossoró (RN), e a mulher me proibiu educadamente, falando que o meu teste era em outro dia, sendo que todo mundo fez nesse dia. Deve ter sido pelo nome”, imagina.

“Quando ouvem meu nome, uns dão risada, outros acham bonito… Só os vascaínos não gostam muito”. (Sávio Flamengo)

Sávio é jogador profissional há quatro anos. Foi revelado pelo Potiguar de Mossoró, e já atuou por Mirassol-SP, Rio Preto-SP, Barra-SC e Ipatinga-MG. Atualmente, está sem clube.

Claro que a inspiração do atacante é o Sávio original. “Conhecê-lo é um grande sonho que tenho. Seria uma honra, nem sei o que diria”, conta o jogador. “A primeira coisa que eu faria é tirar uma foto e mandar para meu pai. Ele ia morrer de felicidade”. Que Sávio leia isso.

Sávio Flamengo é o único dos três filhos com nome de futebol (Foto: Acervo pessoal)
Sávio Flamengo é o único dos três filhos com nome de futebol (Foto: Acervo pessoal)

Lembra do Sávio?

Nome: Sávio Bortolini Pimentel.
Nascimento: 9/1/1974, em Vila Velha (ES).
Clubes: Flamengo (1992-97 e 2006), Real Madrid (1998-2003), Bordeaux-FRA (2002-03), Real Zaragoza-ESP (2003-06), Real Sociedad (2007), Levante (2007), Desportiva Ferroviária-ES (2008), Anorthosis Famagusta-CHP (2008-09) e Avaí (2010). Seleção brasileira de 1994 a 2000.
Títulos: Carioca (1996), pelo Flamengo; Liga dos Campeões da Europa (1997-98, 1999-2000 e 2001-02), Copa Intercontinental (1998) e Campeonato Espanhol (2000-01), pelo Real Madrid; Copa do Rei (2003-04), pelo Real Zaragoza; Catarinense (2010), pelo Avaí; e medalha de bronze nas Olimpíadas de Atlanta (1996).

"Cedo percebi que eu era especial", reflete Sávio Flamengo (Foto: Acervo pessoal)
“Cedo percebi que eu era especial”, reflete Sávio Flamengo (Foto: Acervo pessoal)

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: