Verminosos por futebol




Deu a louca

Fã de videogame tem coleção incrível com cartuchos e discos de games de futebol

O paulista Leandro Victor coleciona cerca de 150 games de futebol, de 16 consoles

A coleção de Leandro Victor é de deixar muitos de boca aberta (Foto: Acervo pessoal)
A coleção de Leandro Victor é de deixar muitos de boca aberta (Foto: Acervo pessoal)

A história do futebol de videogame nos últimos 25 anos está na casa de Leandro José Victor. É do paulista quem sabe a maior coleção de games de futebol no Brasil. Esse curioso acervo reúne cerca de 150 jogos, de 16 consoles diferentes. Muitos deles raríssimos!

Seu cartucho mais antigo é o Campeonato Brasileiro 95, versão hackeada de International Superstar Soccer, do Super Nintendo, grande febre da época. “Jogava numa locadora, e acabei comprando do dono, em 1995”, conta Leandro, hoje com 34 anos.

O jovem começou a gostar de games de futebol um pouco antes, por causa de um amigo que possuía o Fifa Soccer pioneiro no Master System, em 1993. “Eu tinha um Turbo Game, e passei a alugar a fita Soccer”, relembra o morador de Dois Córregos (SP).

De lá pra cá, Leandro passeou por muitos videogames. Sempre jogando futebol, claro. Assim, foi comprando cartuchos e discos de consoles como Super Nintendo, Nintendo 64, Game Cube, Nintendo Wii, Nintendo Wii U, PlayStation 1, PS2, PS3, PSP, OS Vita, Xbox One, Xbox 360, Neo Geo CD, Neo Geo 3DO, Sega Dreamcast e Sega Saturn.

“A maior loucura que eu já fiz foi ir a uma cidade a 70 km para comprar duas fitas do Super Nintendo, que eram de uma locadora vizinha ao meu primo, onde a gente alugava fitas entre 1995 e 1996”, relata Leandro, que conta com ajuda de amigos e parentes para localizar novos itens.

O cartucho mais antigo é Campeonato Brasileiro 95, do Snes (Foto: Acervo pessoal)
Seu cartucho mais antigo é Campeonato Brasileiro 95, do Snes (Foto: Acervo pessoal)

Louco por Superstar Soccer

Fã do Super Nintendo, o torcedor do São Paulo tem praticamente todas as versões hack dos games Superstar Soccer e Superstar Soccer Deluxe, incluindo Campeonato Brasileiro 95, Campeonato Brasileiro 2 e 3, Excite Stage 94 e 95, Ronaldinho Soccer 97 e 98… Muitas ainda nas caixinhas.

“Uma das mais raras que tenho é o Super Descentralizado 2, uma versão do Superstar Soccer feita no Peru, com times do país e os melhores da Europa”, aponta o colecionador, nunca satisfeito. “Ainda procuro o Futebol Equatoriano 97, que tinha numa locadora na minha cidade”.

“A maior loucura que eu já fiz foi ir a uma cidade a 70 km para comprar duas fitas do Super Nintendo”. (Leandro José Victor)

Leandro é tão apaixonado que dá seu jeito de conseguir até mesmo cartuchos com ROMs de emuladores que programadores de games fazem em cima do Superstar Soccer, com campeonatos como Champions League, Libertadores da América e Copa do Nordeste.

“Tenho três fitas dessas. O serviço custa entre R$ 60 e R$ 90”, explica Leandro, segurança numa transportadora. Nas horas vagas, com tantos games de futebol em casa, bate sempre uma dúvida sobre qual jogar. Sua preferência são as versões pirata do Superstar Soccer.

“Jogo praticamente todos os dias, e geralmente duas a três horas nos dias de folga. Um pouco com cada fita”, descreve. Só do Super Nintendo são 34 cartuchos na coleção… Imagine o rodízio!

Leandro é louco pelo Super Nintendo desde 1995 (Foto: Acervo pessoal)
Leandro é louco pelo Super Nintendo desde 1995 (Foto: Acervo pessoal)

Coleção de games de futebol:

Super Nintendo – 34
Nintendo 64 – 9
Game Cube – 1
Nintendo Wii – 1
Nintendo Wii U – 1
PlayStation 1 – 15
PlayStation 2 – 22
PlayStation 3 – 1
PSP – 3
OS Vita – 1
Xbox One – 1
Xbox 360 – 1
Neo Geo CD – 2
Neo Geo 3DO – 1
Sega Dreamcast – 3
Sega Saturn – 4
(*) A coleção conta ainda com cerca de 50 versões piratas do PS2.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: