Verminosos por futebol

https://goo.gl/HjLRc6

Deu a louca

Torcedor coleciona 80 camisas do Juventus

Esse juventino se tornou conhecido entre os torcedores do tradicional time da Mooca

Hamilton-K-Kuniochi-Juventus-destaque
Hamilton K. Kuniochi mantém o blog Manto Juventino (Foto: Fábio Soares)

Ter 80 camisas de futebol é coisa de louco. Ter 80 camisas do mesmo time acentua o grau de loucura. Ter 80 camisas de um clube alternativo como o Juventus… ah, é algo que só mesmo Hamilton K. Kuniochi pode se gabar. Graças a sua inusitada coleção, esse juventino se tornou conhecido entre os torcedores do tradicional time da Mooca, bairro de São Paulo.

“Acredito que conselheiros, filhos de diretores e ex-atletas possam ter coleções. Muitos amigos possuem suas camisas, mas em quantidade, sou o que mais tem”, arrisca Hamilton. Com tantas peças no guarda-roupa, fica até difícil repeti-las. “Costumo utilizá-las para passear e, claro, quando vou aos jogos”.

A primeira camisa da coleção foi comprada em 2003. Na época, era o único modelo disponível. Hoje, a oferta é grande, seja oficiais, retrôs e originais do passado que circulam entre colecionadores. “As minhas preferidas são da década de 1980, feitas pela Adidas”, conta Hamilton, que se orgulha de ter uma camisa de 1972, usada em jogo pelo ídolo Roberto Brida.

Para expor o acervo, o torcedor lançou há quatro anos o blog Manto Juventino. Nele, resgata a história do clube e exibe algumas raridades que coleciona, como fotos e recortes de jornal e revista.

A paixão juventina ficou mais forte em 2007. Ser vizinho do clube estreitou os laços. “Todo mundo que mora na Mooca no mínimo tem simpatia pelo Juventus. E os moradores daqui são muito bairristas”, explica.

“Todo mundo que mora na Mooca no mínimo tem simpatia pelo Juventus. E os moradores daqui são muito bairristas”. (Hamilton K. Kuniochi)

O Juventus, quase nonagenário, sempre foi um clube com torcida localizada. Neste século, porém, ganhou muitos simpatizantes na esteira do lema “Ódio eterno ao futebol moderno”, que virou presença marcante nas acanhadas arquibancadas da Rua Javari. Contribuiu para isso ser esse o último estádio paulistano que manteve o jeitão do passado.

Essa aura cult rendeu dividendos. “Além de exposição e bons públicos, o clube também ganhou com a cobrança sobre jogadores e diretoria. Não existe mais a história de que o Juventus é um time sem torcida e que podem fazer corpo mole”, reflete Hamilton. Este ano, cogitou-se a completa reforma do seu estádio – ideia que morreu no nascedouro, para felicidade de muitos.

Manto-Juventino
Blog Manto Juventino faz resgate da história do Juventus através de camisas

Mesmo avesso a modernidades, o Juventus assegurou ar jovial em 2013, com o lançamento da camisa da Umbro – o melhor material esportivo que o clube já teve. Apesar do rebaixamento para a 3ª divisão paulista, o novo modelo vem fazendo sucesso. “Está vendendo bastante”, constata o torcedor. Tanto a grená quanto a branca são dois belos reforços à coleção de Hamilton.

Blog Manto Juventino:
mantojuventino.blogspot.com

Clique e confira lojas com camisas do Juventus:

Grená e Branco – Loja oficial do Clube Atlético Juventus

Rua Comendador Roberto Ugolini, 20, Pq. da Mooca; e Estádio Conde Rodolfo Crespi, Rua Javari, 117, Mooca – (11) 2271-2075 e (11) 3476-1251
www.juventus.com.br/servicos/loja-grena-e-branco/

Camiseteria di Mooca – Artigos temáticos da Mooca e do Juventus

Rua Visconde de Laguna, 171, Mooca – (11) 2362-5905
loja.camiseteriadimooca.com.br

A Esportes – Artigos esportivos

Rua Pires de Campos, 173, Mooca – (11) 2268-4214 e (11) 8156-6819
www.aesportes.com[/toggle]

Vídeo de divulgação da camisa da Umbro:

Leia mais:
Torcedor critica projeto de novo estádio do Juventus.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: