Deu a louca

Vamos brindar com a Gol da Alemanha?

Parceria entre cervejarias carioca e mineira resultou em zoeira mítica com a decadência da Seleção
Postado por Rafael Luis Azevedo - 14/jun/2016
As cervejarias 2cabeças e Aeon lançaram em 2015 a cerveja Gol da Alemanha (Foto: Divulgação)

As cervejarias 2cabeças e Aeon lançaram a cerveja Gol da Alemanha (Foto: Divulgação)

A Copa de 1950 não conseguimos esquecer. A Copa de 2014 não deveríamos esquecer. Partindo desse pressuposto, uma parceria entre cervejarias carioca e mineira resultou numa zoeira mítica com a decadência da seleção brasileira. No ano passado, a 2cabeças e a Aeon lançaram a cerveja Gol da Alemanha, uma German India Pale Ale.

A cerveja com estilo alemã faz chacota com o fatídico 7 a 1, contando com 7,1% de teor alcoólico, 71 de IBU (unidade de amargor) e sete ingredientes na receita. “A única forçada de barra foi o fermento, porque usamos um fermento americano, mas falamos que ele era naturalizado alemão”, diverte-se Bernardo Couto, sócio da 2cabeças.

> LEIA TAMBÉM

A Gol da Alemanha foi produzida em Contagem (MG), a 20 km do estádio Mineirão, palco do vexame da seleção brasileira. Foram feitos somente 1.000 litros, tendo sido envasadas cerca de 500 garrafas. Foi um lote bem restrito, que inclusive já se esgotou, mas até hoje as cervejarias sentem a repercussão da ideia bem-humorada.

Repercussão nem sempre positiva. “Sabíamos que as críticas viriam, né? Nem ligamos. Muita gente acha que esse assunto deveria ser esquecido, que não se pode brincar com uma tragédia. Mas sendo uma tragédia esportiva, não vejo problema. Aceitar e lidar com derrotas faz parte”, registra Bernardo. Falou bonito! Enquanto isso, gooool da Alemanha.

Facebook das cervejarias:
2cabeças e Aeon

Foram feitos somente 1.000 litros da Gol da Alemanha, tendo sido envasadas 500 garrafas (Foto: Divulgação)

Foram feitos 1.000 litros da cerveja, sendo envasadas 500 garrafas (Foto: Divulgação)

Clique no link e leia também:

Copa do Mundo das Cervejas 2014

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt