Dica cultural

Veja o filme de Pelé que ainda não estreou no Brasil

Alguns sites já disponibilizam o filme "Pelé - O Nascimento de uma Lenda" na internet
Postado por Rafael Luis Azevedo - 20/set/2016
O filme "Pelé - O Nascimento de uma Lenda" retrata a vida do Rei do Futebol até os 17 anos (Fotos: Divulgação)

O filme “Pelé – O Nascimento de uma Lenda” retrata a vida do Rei até os 17 anos (Fotos: Divulgação)

Filmes de futebol geralmente pecam no realismo das cenas de jogo. Não é o que acontece com “Pelé – O Nascimento de uma Lenda“, obra sobre o Rei do Futebol lançada em maio nos Estados Unidos. Apesar de a crítica internacional ter sido negativa quanto aos diálogos, as reproduções de lances são convincentes, o que garantirá divertimento aos fãs de futebol.

O filme dos americanos Jeff e Mike Zimbalist, diretores do documentário The Two Escobars, retrata a história de Pelé no recorte da infância até os 17 anos, em sua consagração na Copa do Mundo de 1958. A produção resgata o papel revolucionário do craque no esporte que, até hoje, nunca mais viu um atleta com tamanho repertório.

Destaque para a fotografia, que contou com lances exaustivamente repetidos. “A dramatização é mediana, mas as sequências de futebol são soberbamente encenadas”, elogiou Frank Scheck, da revista Hollywood Reporter. “O filme vai agradar aos aficionados pelo ‘jogo bonito’, como dizia Pelé. Infelizmente, falta a faísca necessária para atrair quem não é fã”.

Os jovens Leonardo Lima e Kevin da Paula incorporam Pelé em diferentes momentos da vida. E, por serem bons de bola, contribuíram para o realismo dos lances. O segundo, que interpreta o craque dos 13 aos 17 anos, é atleta do Tigres-RJ. “Foi um orgulho representar o maior jogador da história”, conta o garoto, hoje com 21 anos.

Adaptações da história

Quem conhece a trajetória de Pelé, porém, deverá se incomodar com adaptações da história. Por exemplo, num dos jogos da Copa de 1958, o Rei faz um gol de voleio sobre a França, nas semifinais – lance que não existiu. Em vários momentos do filme, Pelé exagera nos malabarismos. Características que se parecem mais com Ronaldinho do que com Pelé.

Aos espectadores brasileiros, também soará estranho os diálogos em inglês – inclusive no Brasil. Isso ampliará a aceitação do público no exterior, principalmente nos Estados Unidos. No entanto, talvez desperte rejeição justamente daqueles que, pelo envolvimento com a história de Pelé, teriam mais predisposição para curtir o filme.

“A dramatização é mediana, mas as sequências de futebol são soberbamente encenadas”. (Frank Scheck, da revista Hollywood Reporter)

Serviço:
Se você não tem paciência para aguardar a chegada do filme aos cinemas e locadoras brasileiras, é possível vê-lo nos sites Filmes Online X e Mega Filmes HD Plus. Se prefere esperar, confere o trailer.

Trailer e bastidores do filme:

Veja mais fotos:

  • Veja o filme de Pelé que ainda não estreou no Brasil

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt