Verminosos por futebol




Na geral

Verminosos por Futebol recebe prêmio de jornalismo do The Epoch Times

A versão em inglês da reportagem sobre o técnico cego disputou concurso global

Larissa Cavalcante e Rafael Luis Azevedo com o Ceguim (Foto: Acervo pessoal)
Larissa Cavalcante e Rafael Luis Azevedo com Ceguim no Castelão (Foto: Acervo pessoal)

Nosso achado sobre o técnico cego continua rendendo, dois anos e meio depois da publicação. Agora, a versão em inglês da reportagem lançada pelo Verminosos por Futebol foi premiada no concurso Inspiring The World, do grupo de mídia norte-americano The Epoch Times, de Nova York.

O texto “The Brazilian Blind Boss” recebeu menção honrosa no concurso de reportagens com histórias inspiradoras produzidas mundo afora. “Os jurados sentiram que esse artigo incrível comprova que não há adversidade insuperável”, comenta Cindy Drukier, editora-chefe digital do Epoch Times.

Caso único no país

A reportagem “Ceguim: O técnico que tudo vê” contou, em texto e vídeo, a história de Flávio Aurélio Silva, jogador que ficou cego após um acidente em jogo do Juventude, time amador de Fortaleza, e que depois disso virou o treinador da equipe. Um caso único no futebol brasileiro.

O trabalho, publicado em junho de 2015, no hotsite Futebol de Raiz, teve reportagem de Rafael Luis Azevedo, fotos e vídeo de Fernanda Moura e coordenação de Larissa Cavalcante.

A reportagem "The Brazilian Blind Boss" ganhou menção honrosa no concurso Inspiring The World (Foto: Reprodução)
“The Brazilian Blind Boss” ganhou menção honrosa no concurso americano (Foto: Reprodução)

Premiações

Depois da publicação, a matéria foi eleita a melhor de esportes no Nordeste naquele ano, no Prêmio Petrobras de Jornalismo 2015, e recebeu menção honrosa no Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos 2015, promovido pela Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj).

A reportagem acabou traduzida e republicada pelas revistas Four Four Two, da Inglaterra, a maior de futebol no mundo, e So Foot, da França. Também fizemos a produção de reportagem da TV France 2, eleita a melhor de esportes na França em 2016 – parceria com Guillaume Papin e Harold Grenouilleau.

Com o concurso do Epoch Times, este foi o 7º prêmio de jornalismo do Verminosos por Futebol, sendo o primeiro internacional, em cinco anos de atividade. Foi também o 26º prêmio de Rafael na carreira.

Prêmios do Verminosos por Futebol:

Prêmio Inspiring The World 2017.
Reportagem: The Brazilian Blind Boss (versão em inglês de Ceguim – O técnico que tudo vê). (Honra ao mérito)
Autores: Rafael Luis Azevedo, Fernanda Moura (fotos e vídeo) e Larissa Cavalcante (coordenação).
Promoção: The Epoch Times, dos Estados Unidos.

6º – Prêmio Gandhi de Comunicação 2017.
Reportagem: Série #FutebolAtrásDasGrades.
Autores: Larissa Cavalcante, Rafael Luis Azevedo e Adriano Paiva (fotos e vídeo).
Categoria: Produtor de Conteúdo Online.
Promoção: Agência da Boa Notícia.

5º – Prêmio Petrobras de Jornalismo 2015 (entregue em 2016).
Reportagem: Ceguim – O técnico que tudo vê.
Autores: Rafael Luis Azevedo, Fernanda Moura (fotos e vídeo) e Larissa Cavalcante (coordenação).
Categoria: Reportagem Esportiva – Regional Nordeste.
Promoção: Petrobras.

4º – Prêmio Petrobras de Jornalismo 2015 (entregue em 2016).
Reportagem: Não vai ter Copa – Histórias de brasileiros que não sabem o que é energia elétrica (Publicada originalmente pela Agência Pública).
Autor: Rafael Luis Azevedo.
Categoria: Reportagem sobre energia, gás e petróleo – Nacional.
Promoção: Petrobras.

3º – Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos 2015.
Reportagem: Ceguim – O técnico que tudo vê. (Honra ao mérito)
Autores: Rafael Luis Azevedo, Fernanda Moura (fotos e vídeo) e Larissa Cavalcante (coordenação).
Promoção: Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj).

2º – Prêmio Cidadania Judiciária 2014.
Reportagem: Não vai ter Copa – Histórias de brasileiros que não sabem o que é energia elétrica (Publicada originalmente pela Agência Pública).
Autor: Rafael Luis Azevedo.
Categoria: Webjornalismo.
Promoção: Tribunal de Justiça do Ceará e Fundação Demócrito Rocha.

1º – Prêmio ACI de Jornalismo 2013.
Reportagem: Série “Deu a Louca”.
Autor: Rafael Luis Azevedo.
Categoria: Jornalismo Online.
Promoção: Associação Cearense de Imprensa.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: