Verminosos por futebol




Papo sério

Al Shabab, o 1º clube muçulmano do Brasil

Volta e meia a Copa São Paulo de Futebol Júnior conta com participantes de outros países. Na edição de 2013, […]

Al Shabab comprou vaga do São José-SP e vai disputar a Copa São Paulo 2013 (Fotos: Divulgação)

Volta e meia a Copa São Paulo de Futebol Júnior conta com participantes de outros países. Na edição de 2013, em janeiro, uma das atrações da Copinha será uma equipe brasileira com cultura tão diferente para o Brasil quanto uma estrangeira. É o Al Shabab (os moços, em português), o primeiro time muçulmano do país.

O clube foi fundado no dia 15 de maio deste ano, em São Paulo. Iniciativa do empresário Gaber Arraji, muçulmano e membro do Conselho de Ética da União Nacional Islâmica do Brasil. “A gente pretende participar de competições profissionais”, antecipa o dirigente, filho e neto de libaneses.

Se os treinos coincidirem, rezamos primeiro, treinamos depois”. Gaber Arraji, presidente-fundador do Al Shabab, sobre a rotina de cinco orações diárias dos jogadores muçulmanos.

O Al Shabab comprou a vaga do São José, de São José dos Campos (SP), e assumiu os custos da disputa da Copinha. As despesas são de R$ 35 mil mensais. Ao todo, 65 jogadores mantêm contrato. E o técnico é Gustavo Caiche, campeão brasileiro pelo Atlético-PR em 2001 e parceiro de Gaber.

Como símbolo da comunidade muçulmana brasileira, o Al Shabab segue os preceitos da religião. Embora a individualidade de cada um seja respeitada, os muçulmanos do grupo rezam cinco vezes ao dia. “Se os treinos coincidirem, rezamos primeiro, treinamos depois”, explica Gaber, que orienta a todos para evitar palavrões.

Jogadores do Al Shabab em seu momento de oração em mesquita

Uma vez por ano, o clube precisará mudar sua rotina, no Ramadã, o nono mês no calendário islâmico (de 11 de julho a 9 de agosto em 2013). No período sagrado, os jogadores muçulmanos devem fazer jejum do amanhecer ao pôr-do-sol. É vetado comer e beber.

Assim, os horários de treinos do Al Shabab terão de ser adaptados. “Mas na iminência de não fazer o jejum nos dias de jogos, pode compensar em outro dia”, ameniza Gaber. Nada como nosso tradicional jeitinho. Afinal, o time pode ser muçulmano, mas também é brasileiro.

Site do Al Shabab Futebol Clube:
www.alshabab.com.br

Fanpage do time:
facebook.com/AlShababFutebolClube


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: