https://goo.gl/HjLRc6

Papo sério

Em Buenos Aires, cada esquina tem um time

A capital da Argentina tem a maior concentração de times de futebol das Américas
Postado por Rafael Luis Azevedo - 25/abr/2016
Buenos Aires conta com 29 clubes nas cinco principais divisões argentinas (Foto: Reprodução)

Buenos Aires conta com 29 clubes nas cinco principais divisões (Foto: Reprodução)

Texto de Marcelo Antônio, do blog Futebol da América do Sul.

Cidade com quase 3 milhões de habitantes, a capital da Argentina é a que tem a maior concentração de times de futebol das Américas, sendo que no mundo fica apenas atrás de Londres. Ao todo são 29 clubes profissionais, alguns deles quase que amadores, mas participantes de uma das divisões do Campeonato Argentino.

O que muita gente confunde, inclusive até alguns meios de comunicação, é mencionar clubes da Região Metropolitana de Buenos Aires como sendo da capital. Não é raro escutar ou ler que “tal time irá a Buenos Aires para enfrentar o Banfield, Independiente ou Lanús”, por exemplo, sendo que esses são times de fora da Capital Federal.

Por isso o blog Futebol da América do Sul posta para você de forma resumida quais são os times apenas de Buenos Aires, sem contar os da Região Metropolitana. Os clubes estão divididos por divisões e entre parênteses os bairros nos quais fazem parte ou têm seus estádios.

> LEIA TAMBÉM

Clubes de Buenos Aires em cada divisão argentina:

Primera División
Argentinos Jrs (La Paternal)
Boca Jrs (La Boca)
Huracán (Parque Patrícios)
River Plate (Nuñez)
San Lorenzo (Boedo)
Velez Sarsfield (Liniers)

Primera B Nacional (2ª divisão)
All Boys (Floresta)
Ferro Carril Oeste (Caballito)
Nueva Chicago (Mataderos)

Primera B Metropolitana (3ª divisão)
Atlanta (Villa Crespo)
Barracas Central (Barracas)
Comunicaciones (Agronomia)
Defensores de Belgrano (Nuñez)
Deportivo Español (Parque Avellaneda)
Deportivo Riestra (Villa Soldati)

Primera C Metropolitana (4ª divisão)
Excursionistas (Belgrano)
Sacachispas (Villa Soldati)
Sportivo Barracas (Barracas)

Primera D Metropolitana (5ª divisão)
Atlético Lugano (Villa Lugano)
General Lamadrid (Villa Devoto)
Yupanqui (Villa Lugano)

Mapa de Buenos Aires dividido por bairros e clubes (Foto: Blog Jogos Perdidos)

Bairros e clubes de Buenos Aires (Foto: Blog Jogos Perdidos)

No mapa acima há oito clubes que têm sede ou foram fundados em Buenos Aires e que não estão na relação. Simples, esses times jogam em outras cidades, ou “partidos”, como chamam os argentinos. São eles:

Primera B Nacional (2ª divisão)
Almagro (Almagro, mas joga em 3 de Febrero)
Chacarita Jrs (La Chacarita, mas joga em Villa Maipú)

Primera B Metropolitana (3ª divisão)
Deportivo Armênio (Nuñez, mas joga em Escobar)
Estudiantes de Buenos Aires (Villa Devoto, mas joga em 3 de Febrero)
Fênix (Palermo, mas joga em Pilar)
San Telmo (San Telmo, mas joga em Dock Sud)

Primera C Metropolitana (4ª divisão)
Liniers (Liniers, mas joga em La Matanza)

Primera D Metropolitana (5ª divisão)
Deportivo Paraguayo (Barracas, mas joga em San Justo)

Impressiona mesmo a quantidade de times de futebol que a cidade possui. Em um universo de 29 clubes (entre os que têm sede na cidade e os que jogam fora) pra uma cidade de quase 3 milhões de habitantes, temos uma média de um time para cada 103 mil pessoas. Só para efeito de comparação, São Paulo, com seus pouco mais de 11 milhões de moradores, divide entre si apenas seis clubes profissionais, o que dá uma média de um clube para cada quase 2 milhões de paulistanos.

Em Buenos Aires, diferente de vários lugares, cada clube representa seu bairro de origem. Torcer por determinado time significa defender sua gente, sua região, suas raízes. E daí é que temos vários clássicos dentro de uma mesma cidade, pois enfrentar um time de um bairro vizinho não envolve só futebol. Um exemplo é o clássico entre San Lorenzo e Huracán. Embora o campeão da Libertadores seja um dos grandes do futebol argentino, vencer seu vizinho regional às vezes vale mais do que bater Boca ou River.

Outro contexto que explique essas rivalidades são confrontos sucessivos nas divisões de acesso do Campeonato Argentino, o que aumenta mais as animosidades entre esses clubes.

Clássicos da capital:

  • Boca Jr x River Plate
  • San Lorenzo x Huracán
  • Velez Sarsfield x Ferro Carril Oeste
  • All Boys x Nueva Chicago
  • Atlanta x Chacarita Jrs
  • Barracas Central x Sportivo Barracas
  • Comunicaciones x General Lamadrid
  • Deportivo Riestra x Sacachispas
  • Atlético Lugano x Yupanqui

> LEIA TAMBÉM

Localização dos estádios e seus respectivos clubes (Foto: La Pelota no Dobla)

Localização dos estádios e clubes (Foto: La Pelota no Dobla)

Estádios e torcidas

Atualmente existem 17 estádios de futebol na capital portenha. Curiosamente, os cinco maiores pertencem aos cinco mais populares da cidade: Monumental de Nuñez (River), La Bombonera (Boca), Nuevo Gasômetro (San Lorenzo), José Amalfitani (Vélez) e Afonso Ducó (Huracán).

Boca e River, como todos sabem, são os dois mais populares do país. Juntas, as duas torcidas somam quase dois terços da preferência nacional. Outro clube que também é bastante popular em todo país, mas em proporção menor, é o San Lorenzo. Vélez e Huracán têm suas torcidas restritas apenas na Região Metropolitana.

Dentre os pequenos, destacam-se Chacarita Jrs, Argentinos Jrs, Nueva Chicago, Ferro Carril Oeste, Atlanta e All Boys. O restante resume-se apenas ao bairro ou região onde está situado.

Visite o blog Futebol da América do Sul:
americadosulfutebol.blogspot.com.br

Clique no link e leia também:

Lamadrid, o clube com torcida de presídio

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

https://goo.gl/HjLRc6




// As mais lidas

Http://www.AUTO-doc.pt

https://goo.gl/HjLRc6