https://goo.gl/HjLRc6

Papo sério

Maiores médias de público do Brasileiro por estado

Ninguém exerce tamanha vantagem como o Bahia, dono das 10 maiores médias do seu estado
Postado por Rafael Luis Azevedo - 03/jun/2016
Bahia possui as 10 maiores médias de público do futebol baiano na história do Brasileiro (Foto: Reprodução)

Bahia possui as 10 maiores médias de público do futebol baiano (Foto: Reprodução)

Quais são os clubes com as maiores médias de público na história do Campeonato Brasileiro, na comparação por estado? O pesquisador cearense João Ricardo de Oliveira, colaborador frequente do Verminosos por Futebol, responde mais essa questão. E o levantamento indica a superioridade de certos times nos respectivos estados.

Ninguém exerce tamanha vantagem quanto o Bahia, dono das 10 maiores médias de público do futebol baiano. A melhor média do Vitória, de 27 mil, no seu vice-campeonato em 1993, não chega perto da 10ª maior marca do Bahia, 31 mil na Série A de 1978. E é superada por médias do Tricolor na Série B, em 2004, e mesmo na Série C, em 2007.

> LEIA TAMBÉM

Também apresentaram larga vantagem Flamengo (com 8 das 10 melhores médias no Rio de Janeiro), Goiás (8 em Goiás) e Atlético (7 em Minas Gerais). Além deles, Corinthians, Internacional, Coritiba e Santa Cruz assinalaram 6 melhores médias de seus respectivos estados.

No Pará, Remo e Paysandu tiveram 5 melhores marcas cada, enquanto no futebol cearense o Fortaleza aparece 5 vezes, contra 4 do Ceará. Curiosamente, dentre os 10 estados listados, há um time extinto: o Colorado, dono da 7ª melhor média do Paraná, em 1983. Ele se juntou ao Pinheiros, em 1989, virando o Paraná. Que nunca figurou no top 10 do estado.

Maiores médias de público por estado no Campeonato Brasileiro:

RIO DE JANEIRO
1º Flamengo – 69.658 – 1980/Série A
2º Flamengo – 63.021 – 1983/Série A
3º Flamengo – 62.435 – 1982/Série A
4º Flamengo – 53.958 – 1992/Série A
5º Flamengo – 52.802 – 1981/Série A
6º Vasco – 48.787 – 1983/Série A
7º Flamengo – 48.721 – 1970/Série A
8º Flamengo – 47.610 – 1987/Série A
9º Vasco – 41.973 – 1984/Série A
10º Flamengo – 41.955 – 1979/Série A

SÃO PAULO
1º Corinthians – 60.487* – 1982/Série A
2º Santos – 50.956 – 1983/Série A
3º Corinthians – 50.919 – 1976/Série A
4º Corinthians – 48.501 – 1977/Série A
5º Palmeiras – 41.673 – 1983/Série A
6º São Paulo – 41.533 – 1981/Série A
7º Corinthians – 40.653 – 1972/Série A
8º Palmeiras – 34.803 – 1979/Série A
9º Corinthians – 34.150 – 2015/Série A
10º Corinthians – 34.137 – 1993/Série A
* Somente a Taça de Ouro (Série A)

MINAS GERAIS
1º Atlético – 55.716 – 1977/Série A
2º Atlético – 48.309 – 1980/Série A
3º Atlético – 46.407 – 1976/Série A
4º Atlético – 40.594 – 1970/Série A
5º Atlético – 39.576 – 1986/Série A
6º Atlético – 39.249 – 1983/Série A
7º Atlético – 38.422 – 2009/Série A
8º Cruzeiro – 38.023 – 1969/Série A
9º Cruzeiro – 37.034 – 1983/Série A
10º Cruzeiro – 35.996 – 1987/Série A

RIO GRANDE DO SUL
1º Internacional – 35.552 – 1969/Série A
2º Grêmio – 34.930 – 1982/Série A
3º Grêmio – 34.067 – 1981/Série A
4º Grêmio – 33.334 – 2008/Série A
5º Internacional – 30.277 – 1982/Série A
6º Internacional – 30.083 – 1975/Série A
7º Internacional – 30.078 – 1971/Série A
8º Internacional – 29.868 – 1979/Série A
9º Internacional – 29.266 – 1988/Série A
10º Grêmio – 27.548 – 1969/Série A

BAHIA
1º Bahia – 46.291 – 1986/Série A
2º Bahia – 41.497 – 1985/Série A
3º Bahia – 40.884* – 1981/Série A
4º Bahia – 38.184 – 1977/Série A
5º Bahia – 35.818 – 2007/Série C
6º Bahia – 35.537 – 1988/Série A
7º Bahia – 33.747 – 1983/Série A
8º Bahia – 32.674 – 2004/Série B
9º Bahia – 31.673 – 1982/Série A
10º Bahia – 31.485 – 1978/Série A
* Somente a Taça de Ouro (Série A)

PERNAMBUCO
1º Santa Cruz – 38.245 – 2009/Série D
2º Santa Cruz – 36.966 – 2011/Série D
3º Sport Recife – 35.580 – 1998/Série A
4º Náutico – 30.917 – 1983/Série A
5º Santa Cruz – 30.238 – 2010/Série D
6º Santa Cruz – 26.614 – 1980/Série A
7º Santa Cruz – 26.578 – 2013/Série A
8º Sport Recife – 25.655 – 2007/Série A
9º Santa Cruz – 24.155 – 2012/Série C
10º Sport Recife – 24.042 – 1983/Série A

CEARÁ
1º Fortaleza – 24.566 – 2003/Série A
2º Ceará – 23.572 – 2010/Série A
3º Ceará – 22.896 – 2009/Série B
4º Ceará – 21.622 – 1982/Série A
5º Fortaleza – 21.590 – 2005/Série A
6º Fortaleza – 20.839 – 1984/Série A
7º Ferroviário – 19.462 – 1982/Série A
8º Fortaleza – 18.812 – 2014/Série C
9º Fortaleza – 18.073 – 2015/Série C
10º Ceará – 18.026 – 1986/Série A

PARÁ
1º Remo – 29.646 – 2005/Série C
2º Paysandu – 27.360 – 2002/Série A
3º Paysandu – 23.322 – 1983/Série A
4º Remo – 23.230 – 1980/Série A
5º Remo – 22.816 – 1977/Série A
6º Remo – 22.734* – 2000/Série A
7º Paysandu – 18.801 – 1992/Série A
8º Paysandu – 18.739 – 1982/Série A
9º Paysandu – 18.055 – 2003/Série A
10º Remo – 17.162 – 1986/Série A
* O Remo realizou só uma partida pela Série A de 2000

GOIÁS
1º Goiás – 28.157 – 1983/Série A
2º Goiás – 25.598 – 1984/Série A
3º Goiás – 20.862 – 1986/Série A
4º Vila Nova – 19.335 – 2015/Série C
5º Vila Nova – 17.033 – 1999/Série B
6º Goiás – 16.845 – 1999/Série B
7º Goiás – 16.344 – 1985/Série B
8º Goiás – 15.068 – 1987/Série A
9º Goiás – 14.185 – 2012/Série A
10º Goiás – 14.051 – 2007/Série A

PARANÁ
1º Atlético – 25.293 – 1983/Série A
2º Atlético – 23.457* – 1982/Série A
3º Coritiba – 21.753 – 1980/Série A
4º Coritiba – 20.235 – 1985/Série A
5º Coritiba – 19.225 – 2005/Série A
6º Coritiba – 18.771 – 2008/Série A
7º Colorado – 18.561 – 1983/Série A
8º Coritiba – 17.894 – 2011/Série A
9º Coritiba – 17.377 – 2007/Série B
10º Atlético – 17.100 – 2008/Série A
* Somente a Taça de Ouro (Série A)

> Vai republicar o levantamento? Inclua crédito a João Ricardo de Oliveira e link ao Verminosos por Futebol.

Clique no link e leia também:

Ranking de público do País na Libertadores

Conheça o autor

Rafael Luis Azevedo

O jornalista Rafael Luis Azevedo, 34 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA), France 24 (FRA) e Fusion (EUA). Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras, cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

https://goo.gl/HjLRc6



// As mais lidas

Http://www.AUTO-doc.pt

https://goo.gl/HjLRc6