Verminosos por futebol

https://goo.gl/HjLRc6

Papo sério

Poliglotas do futebol: conheça boleiros que falam mais de 3 línguas

São raros os casos, mas os exemplos mostram que a erudição contribui para o sucesso em campo

Mourinho fala português, inglês, espanhol, italiano, francês e catalão. Seu sucesso não é à toa (Foto: Reprodução)
José Mourinho fala português, inglês, espanhol, italiano, francês e catalão (Foto: Reprodução)

Por Maurício Ferraz

Se você é verminoso por futebol e acompanha jogos pelo rádio ou TV e depois escuta as entrevistas dos treinadores e jogadores, pode ficar assustado com o baixo nível cultural que a maioria deles apresenta, mas há exceções. Conheça os boleiros que falam mais de três línguas. São raros os casos, mas os exemplos mostram que a erudição contribui para o sucesso deles em campo.

Zidane
O carrasco do Brasil nas Copas do Mundo de 1998 e 2006 domina cinco idiomas. Ele fala o berbere (língua argelina), francês, espanhol, italiano e inglês. O treinador foi um jogador acima da média e é poliglota também.

Conheça a plataforma preply.com/pt/skype/professores-ingles e tenha grandes professores de inglês à sua disposição.

Guardiola
Um dos melhores treinadores do mundo, ele fala alemão, catalão, francês e italiano. Um treinador da qualidade de Guardiola treina equipes de vários países do mundo, portanto, precisa ter um ótimo conhecimento de idiomas para dar o comando certo aos seus jogadores.

José Mourinho
Outro excepcional treinador poliglota. Ele fala fluentemente, além do português, inglês, espanhol, italiano, francês e catalão. Nada como a facilidade de comunicação para ajudar e muito a vida de um grande treinador como o português.

Ibrahimovic
Um dos maiores jogadores da história da Suécia, ele fala ainda inglês, italiano e espanhol. Apesar do individualismo, Ibra precisa ter em mente que os idiomas fazem com que se comunique de uma forma rápida e eficiente com os companheiros de clube e até mesmo com os adversários.

Cech
O goleiro do Arsenal da Inglaterra fala cinco línguas: tcheco, inglês, francês, espanhol e alemão. Certamente este goleiro leva vantagem sobre os atacantes, pois ele pode combinar com os zagueiros algumas palavras-chave a usar durante os jogos.

Leonardo
O ex-lateral da seleção brasileira aprendeu inglês, francês, espanhol e italiano. Em muitas competições internacionais os juízes são estrangeiros, e nada melhor do que ter um jogador poliglota que possa falar outros idiomas.

Seedorf
O ex-jogador Seedorf que atuou no futebol brasileiro fala, além do holandês, português, espanhol e italiano. Este tipo de jogador é essencial fora e dentro do campo em jogos internacionais.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: