Papo sério

Ranking de público do País na Libertadores

Qual time tem a melhor média de público histórica, considerando-se o período 1960/2015?
Postado por Rafael Luis Azevedo - 16/fev/2016
O São Paulo possui a melhor média de público dentre clubes brasileiros na Copa Libertadores, seguido de Paysandu, Internacional e Corinthians (Foto: Reprodução)

O São Paulo tem melhor média de público do Brasil na Copa Libertadores (Foto: Reprodução)

Em 56 edições da Copa Libertadores da América, participaram 27 times brasileiros. Qual deles possui a melhor média de público histórica, considerando-se os jogos realizados entre 1960 e 2015? O Verminosos por Futebol responde, com base em levantamento do pesquisador João Ricardo de Oliveira, de Fortaleza.

É o São Paulo, com média de 40 mil torcedores, após 83 jogos em 17 edições do torneio. A seguir, estão Paysandu (2º, com 39 mil), Internacional (3º, 33 mil), Corinthians (4º, 32,7 mil), Flamengo (5º, 32,2 mil), Cruzeiro (6º, 32,1 mil), Bahia (7º, 31,5 mil), Botafogo (8º, 31,5 mil), Fluminense (9º, 29,4 mil) e Grêmio (10º, 29,4 mil).

A média do São Paulo é o dobro do que o clube registrou na história do Brasileirão. Entre 1971 e 2015, o Tricolor teve 19 mil torcedores por jogo, 7ª maior marca. A média do Flamengo no Brasileirão, campeão de público, com 28 mil por partida, é inferior a de 10 times do país no torneio sul-americano, incluindo o próprio Rubro-Negro.

Dentre os 10 primeiros de público na Libertadores, o Paysandu é o único com uma única participação. Mesmo assim, sua marca é bem superior a dos oito times brasileiros que também só estiveram uma vez no torneio. Um deles é o Bangu, o 27º e último no ranking, que alcançou somente 1,6 mil por jogo. Número baixo até para um estadual.

> LEIA TAMBÉM

Média de público dos brasileiros na Libertadores (1960/2015):

1º São Paulo – 40.025 pagantes por jogo
Jogos: 83, em 17 edições

2º Paysandu – 39.358
Jogos: 4, em 1 edição

3º Internacional – 33.823
Jogos: 55, em 11 edições

4º Corinthians – 32.787
Jogos: 55, em 12 edições

5º Flamengo – 32.239
Jogos: 49, em 12 edições

6º Cruzeiro – 32.116
Jogos: 73, em 15 edições

7º Bahia – 31.584
Jogos: 6, em 2 edições

8º Botafogo – 31.531
Jogos: 16, em 4 edições

9º Fluminense – 29.471
Jogos: 28, em 6 edições

10º Grêmio – 29.446
Jogos: 73, em 15 edições

11º Atlético-MG – 28.353
Jogos: 31, em 7 edições

12º Palmeiras – 23.886
Jogos: 79, em 15 edições

13º Sport – 21.662
Jogos: 7, em 2 edições

14º Goiás – 18.392
Jogos: 5, em 1 edição

15º Santos – 17.516
Jogos: 55, em 12 edições

16º Criciúma – 16.008
Jogos: 5 em 1 edição

17º Vasco – 14.975
Jogos: 33, em 8 edições

18º Atlético-PR – 13.986
Jogos: 18, em 4 edições

19º Paraná – 11.484
Jogos: 4, em 1 edição

20º Paulista – 8.742
Jogos: 3, em 1 edição

21º Coritiba – 8.286
Jogos: 6, em 2 edições

22º Santo André – 7.448
Jogos: 3, em 1 edição

23º Náutico – 7.273
Jogos: 3, em 1 edição

24º Juventude – 6.422
Jogos: 3, em 1 edição

25º Guarani – 5.984
Jogos: 12, em 3 edições

26º São Caetano – 3.778
Jogos: 17, em 3 edições

27º Bangu – 1.682
Jogos: 3, em 1 edição

(*) Considera jogos de pré-Libertadores.

> Vai republicar o levantamento? Inclua crédito a João Ricardo de Oliveira e link ao Verminosos por Futebol.

Clique no link e leia também:

Ranking-de-publico-na-historia-do-brasileirao
Ranking de público na história do Brasileirão

Conheça o autor

O jornalista Rafael Luis Azevedo, de 33 anos, é editor do site Verminosos por Futebol desde 2012. Já venceu 21 prêmios de jornalismo, incluindo Esso, Embratel e Petrobras. É também coordenador do portal Tribuna do Ceará, e teve passagens por jornal O Povo, O Povo Online e TVs Jangadeiro/SBT, O Povo/Cultura e Cidade/Record. Já fez reportagens ou produção para as revistas Four Four Two (ING), So Foot (FRA), Courrier International (FRA) e Placar, os sites BBC Brasil, Vice e Agência Pública e as TVs France 2 (FRA) e Fusion (EUA). Cobriu duas Copas do Mundo in loco e foi co-autor de livros sobre o Ceará e o estádio Presidente Vargas.

Compartilhe:

// Categorias

// histórico de publicações

Arquivos

Http://www.AUTO-doc.pt

// As mais lidas




Http://www.AUTO-doc.pt