Verminosos por futebol

https://goo.gl/HjLRc6

Turismo

Faça um passeio pela estrutura e a história do ecoestádio do J. Malucelli

Não existe no Brasil nenhum estádio como o Janguito Malucelli, do J. Malucelli, de Curitiba

O Ecoestádio Janguito Malucelli é o único nesses moldes no país (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
O ecoestádio é o único nesses moldes no país (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Curitiba é a terra do trio Atlético, Coritiba e Paraná. Isso quase todo torcedor brasileiro sabe – ou, pelo menos, deveria saber. Mas o futebol curitibano oferece uma quarta via, um clube-empresa dono de um estádio com características únicas no país: o J. Malucelli, proprietário do Ecoestádio Janguito Malucelli.

O nome já entrega seu diferencial. O clube exalta que possui o único estádio ecologicamente correto do Brasil. Com capacidade de 4,2 mil lugares, o Ecoestádio se confunde com a natureza: o único lance de arquibancada foi escavado no morro, com os assentos dispostos no piso gramado. Já os degraus de escada são dormentes de madeira de ferrovia.

Não foi usado concreto na estrutura. Os bancos de reservas, instalados do lado oposto da arquibancada, foram feitos em madeira de reflorestamento, assim como o placar. Com esse visual, o estádio passa despercebido em frente ao Parque Barigüi, um dos mais frequentados pelos curitibanos, situado do outro lado da Rodovia do Café, no bairro Mossunguê.

> Esta matéria faz parte da série #VerminososEmCuritiba, de nosso tour de futebol na cidade. Confira as outras:

Vai a Curitiba? Saiba o que ver em tour de futebol na cidade.
– Grupo de pesquisadores-torcedores faz estudos sobre a história do Coritiba.
– Loja de shopping de Curitiba é especializada em camisas de futebol antigas.
– Em Curitiba existe um campeonato amador disputado desde 1941: a Suburbana.

O Verminosos por Futebol esteve no Ecoestádio em maio deste ano, durante um tour pelos clubes de Curitiba. E pôde fazer um passeio por toda a estrutura, gentilmente acompanhado pela assessora de imprensa do Grupo J. Malucelli, Ruthe Precoma.

O estádio está encravado numa região bastante arborizada, com direito a presença de animais como coelhos e galinhas no cenário. Isso faz jus ao nome ecoestádio. “Uma vez um coelhinho entrou em campo no meio do jogo”, relembra a jornalista.

Quem nunca visitou o clube pode pensar que o ecoestádio se resume ao campo, além da arquibancada e dos bancos de reservas. Porém, no nível acima do morro, há ainda outro campo oficial, um campo soçaite, academia e quadra de tênis. O centro de treinamento do J. Malucelli conta também com um imóvel, usado para encontros do clube e da família Malucelli.

Na residência estão artigos históricos do time, como uniformes antigos, troféus e fotos. O clube mantém ainda uma coleção de camisas, de times que já enfrentaram o J. Malucelli e presentes dados a Joel Malucelli, fundador do grupo empresarial.

  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O estádio do J. Malucelli tem 4,2 mil lugares (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Que time é esse

O J. Malucelli foi lançado em 1994, como Malutrom, nome derivado do Malutrom Masters, equipe que desde a década de 1970 reunia as famílias de primos Malucelli e Trombini. Em 2005, os Trombini deixaram a diretoria, então o clube mudou de nome pela primeira vez, para J. Malucelli Futebol S/A.

Entre 2009 e 2012, em virtude de uma parceria com o Corinthians, o time adotou o nome Sport Club Corinthians Paranaense e uniforme similar ao irmão paulista. Com o fim do contrato, voltou a ser J. Malucelli.

O clube foi fundado por Joel Malucelli, que iniciou em 1966 aquele que é um dos maiores grupos empresariais do sul do país, com cerca de 80 empresas, em ramos da construção, energia, financeiro, comercial, turismo e comunicação. O engenheiro sempre foi boleiro, e o investimento em futebol foi uma consequência natural.

Campeão da 2ª divisão paranaense no ano da estreia profissional, em 1998, o J. Malucelli conseguiu seu maior feito em 2000, quando venceu a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro (módulos Verde e Branco). Assim, garantiu a participação na fase final da Copa João Havelange e a disputa da Série B em 2001.

Em 2017, o J. Malucelli poderia voltar a um campeonato nacional, mas um vacilo administrativo – a escalação de um jogador irregular – levou a perda de pontos e o rebaixamento para a 2ª divisão estadual no tapetão. Assim, será um estádio a menos na capital na elite paranaense em 2018. Justo o campo mais charmoso ficará de fora.

Serviço:

Ecoestádio Janguito Malucelli – J. Malucelli Futebol S/A, Grupo J. Malucelli
Rodovia do Café, s/n, Mossunguê, Curitiba – Fone 41-3351.5577
Site | Facebook | Twitter
faleconosco@jmalucelli.com.br

  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O CT tem um salão de confraternização com sua história (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Posts da série #VerminososEmCuritiba, um guia turístico-futebolístico da cidade:

– Vai a Curitiba? Saiba o que ver num tour de futebol na cidade.
– Faça um passeio pela estrutura e a história do ecoestádio do J. Malucelli.
– Grupo de pesquisadores-torcedores faz estudos sobre a história do Coritiba.
– Loja de shopping de Curitiba é especializada em camisas de futebol antigas.
– Em Curitiba existe um campeonato amador disputado desde 1941: a Suburbana.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: