Verminosos por futebol




Turismo

Museu do Spac expõe taça do 1º torneio de futebol no Brasil

A sede do clube que Charles Miller defendeu, em São Paulo, preserva sua rica história

O Spac foi fundado em 1888, no dia da libertação dos escravos (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
Spac foi fundado no dia da libertação de escravos (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Fazer turismo de futebol em São Paulo é bom demais! Sobram opções para conhecer, dentre times, estádios, centros de treinamentos, museus, lojas e bares. Nesse cenário com tanta oferta, o Clube Atlético São Paulo (o Spac, sigla de São Paulo Athletic Club, seu nome original), que abandonou os gramados há mais de um século, acaba em segundo plano. Não merecia isso, já que seu papel foi importante nos primórdios do esporte brasileiro.

A sede do Spac fica na rua Visconde de Ouro Preto, no bairro de Higienópolis. Apesar de ser a região central da maior metrópole do país, sua rua é tão tranquila que até parece sem saída. O principal movimento é dos carros dos 1.100 sócios, entrando ou saindo. Lá dentro, está o clube mais antigo de São Paulo, introdutor de esportes como rúgbi, hóquei sobre grama, squash e badminton no Brasil. E um dos pioneiros no futebol.

> Esta matéria faz parte da série #VerminososEmSampa, com tour de futebol em São Paulo. Confira as outras:

– Vai a São Paulo? Saiba tudo o que ver em tour de futebol na cidade.
– Um guia turístico dos clubes e dos estádios de São Paulo.
– Portuguesa possui o maior museu dentre os clubes de São Paulo.
– 12 camisas muito loucas à venda na loja Atrox, de São Paulo.
– Você decora a casa com seu time de coração? Loja da Rua 25 de Março é “o” lugar!
– Bar São Cristóvão tem a decoração de futebol mais incrível em São Paulo.
– Pacaembu conta com a primeira biblioteca pública de futebol do Brasil.

Origens do Spac

O Spac foi fundado em 13 de maio de 1888, no mesmo dia em que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, que libertou os escravos no Brasil. Os criadores foram ingleses que residiam em São Paulo, e que desejavam um local para reunir as famílias e praticar críquete.

Seu sócio mais famoso foi Charles Miller, filho de um escocês com uma brasileira de ascendência inglesa, que nasceu em 1874, em São Paulo, e voltou de estudos na Inglaterra com duas bolas de futebol, em 1894. No ano seguinte, ele reuniu alguns amigos do Spac e promoveu o que seria o “primeiro jogo oficial” no país, na Várzea do Carmo.

O duelo foi entre as equipes da São Paulo Railway, a companhia ferroviária, e a The Gas Co, fornecedora de gás. Vitória de 4 a 2 dos ferroviários, com dois gols de Charles Miller.

[Nota do Verminosos: há versões de que padres introduziram o futebol muito antes dessa partida, mas esse é um tema para outro post.]

O Spac possui cerca de 1.100 sócios (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
O Spac possui cerca de 1.100 sócios (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Semente plantada, o jogador convenceu o Spac a formar seu próprio time de futebol, tornando-se um dos cinco clubes fundadores da federação paulista. O primeiro Campeonato Paulista, em 1902, o primeiro torneio estadual no Brasil, terminou com título da equipe. Feito repetido em 1903 e 1904, com direito a duas artilharias de Charles Miller nos três anos.

O atacante seguiu em ação até 1910, quando já tinha 36 anos – 15 deles dedicado ao Spac. Seu clube voltou a ser campeão em 1911, mas o futebol não era mais o mesmo. Um profissionalismo maroto já dava as caras, e os cartolas não desejavam aderir ao movimento. Firme na posição de que os jogadores deveriam ser amadores e não receber pagamento para atuar, o Spac extinguiu o departamento de futebol.

À distância, viu o esporte que praticou em seus primórdios se tornar uma paixão nacional. Enquanto isso, o Spac se tornou uma força no rúgbi, modalidade irmã do futebol, conquistando o título brasileiro 13 vezes. Já o futebol virou somente uma diversão para seus sócios, sendo praticado nos campos da sede Santo Amaro, no bairro de Socorro.

O Spac fica entre a Av. da Consolação e a Rua Augusta (Foto: Google Maps)
O Spac fica entre a avenida da Consolação e a rua Augusta (Foto: Google Maps)

Museu do Spac

Na sede principal do Spac, em Higienópolis, onde se destacam 14 quadras de tênis em meio a uma selva de pedra da região central paulistana, há um museu sobre o clube, o Memorial Charles Miller. No salão está um busto do dirigente pioneiro do futebol brasileiro e o troféu do tricampeonato paulista, além de outras taças.

As visitas ao museu não são tão comuns, e a administração até se impressiona ao saber que viemos de Fortaleza. “A maioria dos que visitam nosso memorial são jornalistas e historiadores, em busca de saber mais sobre o clube, mas poucos são de tão longe”, admite José Roberto Araújo, supervisor de eventos.

Não surpreende, já que o próprio calendário cultural de São Paulo esquece a trajetória do Spac. “Nos 460 anos da cidade (em 2014), não houve nenhuma menção ao clube. É uma pena, pois nossa história é riquíssima”, constata José Roberto. Tão rica que ainda desperta interesse mais de um século desde que deixou o futebol.

“A maioria dos que visitam nosso memorial são jornalistas e historiadores, em busca de saber mais sobre o clube”. (José Roberto Araújo)

Veja fotos da sede:

  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • Museu exibe troféu do tri paulista de 1902/04 (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)
  • O Spac nos presenteou com livro sobre Charles Miller (Foto: Rafael Luis Azevedo/Verminosos por Futebol)

Serviço:

Clube Atlético São Paulo – Spac
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 119, Higienópolis, São Paulo. Fica a 1,5 km da Av. Paulista e a 2 km do estádio do Pacaembu, em área entre a avenida da Consolação e a rua Augusta.
Acesso ao museu: Terça a sábado, de 9h às 17h (necessário agendamento).
Contato: 11-3217.5944 e comunicacao@spac.org.br.
Páginas: Site e Facebook.

Posts da série #VerminososEmSampa, um guia turístico-futebolístico de São Paulo:

– Vai a São Paulo? Saiba tudo o que ver em tour de futebol da cidade.
– Um guia turístico dos clubes e dos estádios de São Paulo.
– Portuguesa possui o maior museu dentre os clubes de São Paulo.
– Museu do Spac expõe taça do 1º torneio de futebol no Brasil.
– 12 camisas muito loucas à venda na loja Atrox, de São Paulo.
– Você decora a casa com seu time de coração? Loja da Rua 25 de Março é “o” lugar!
– Bar São Cristóvão tem a decoração de futebol mais incrível em São Paulo.
– Pacaembu conta com a primeira biblioteca pública de futebol do Brasil.

Matérias antigas sobre São Paulo que também vale ver:

– Bar de São Paulo tem decoração de deixar de boca aberta (Vila Madalena – zona central)
– Loja de SP aposta no futebol alternativo (Consolação – zona central)
– Loja paulista é paraíso para colecionadores (Jardins – zona central)
– Única rua Copa do Mundo fica em São Paulo (Vila Paranaguá – zona leste)
– Restaurante tem 300 cachecóis na parede (Vila Mariana – zona sul)
– Loja de São Paulo fará saldão com 5 mil camisas (Interlagos – região sul)
Endereços em São Paulo contam história da bola
– Prefeitura de São Paulo promove roteiro turístico de futebol

Outros guias turístico-futebolísticos do Verminosos por Futebol:

No Brasil – FortalezaManausFlorianópolis e Curitiba.

No exterior – LisboaBuenos AiresMontevidéu e Joanesburgo.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: